Superar o Transtorno do Pânico é como atrapalhar um grande obstáculo. O obstáculo passa a ser preocupação e medo combinados. Esta combinação letal praticamente priva você de uma vida vivida ao máximo.

A chave para Superar o Transtorno do Pânico em uma pessoa é quebrar o ciclo de preocupação e medo irracionais. Esses ataques acontecem em ciclos e episódios, então é muito difícil sair deles. Mas quanto mais natural e rapidamente você se esforça para superá-los, mais plenamente você irá se recuperar.

As duas dicas que compartilhamos com você ambos lidam com preocupação. Por um lado, é a sua tendência natural para se preocupar e, por outro lado, é a sua decisão consciente de não se preocupar.

1. A tendência a se preocupar

Sua tendência a se preocupar se alimenta de si mesma. Quanto mais você se preocupa, mais fica estressado. Quanto mais você se submete ao estresse, mais você permite que seus medos o conquistem.

Preocupações excessivas podem se tornar autodestrutivas a ponto de serem perigosas. Quando você está sempre preocupado com suas preocupações, você tende a ficar obcecado com elas. Essa obsessão impede você de descansar e dormir. Eles privam você dos prazeres do trabalho e recreação. Eles enfraquecem seu corpo e tiram sua alegria.

Quebrar o hábito da preocupação crônica é apenas um passo do caminho, mas já é um grande obstáculo a ser superado.

2. A decisão de não se preocupar

É preciso um esforço consciente para não se preocupar. Você tem outra escolha que é ser feliz. O segredo é saber como lidar com a maioria, se não com todas as suas preocupações.

Transforme a prevenção em um esforço construtivo. Quando se debruçar sobre um problema ajuda você a chegar a uma solução, torna-se construtivo. A solução se torna rápida e imediata, especialmente se o problema for urgente.

O hábito da preocupação crônica é aquele que deveria ser quebrado. Uma vez que você se envolva com muitas preocupações, elas podem sobrecarregá-lo a ponto de precisar de tratamento para o Overcoming Panic Disorder. Salve-se o problema. Poupe-se a preocupação!